quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A TERRA INUNDADA

MESOPOTÂMIA

Dois oceanógrafos anunciaram na reunião da Sociedade Geofísica americana, em San Francisco, ter descoberto evidências de uma grande inundação ocorrida no Oriente Médio há sete milênios. Analisando dados dos sedimentos no fundo do Mar Negro obtidos com sonares por uma expedição russo-americana em 1993, William Ryan e Walter Pitman notaram que no sexto milênio antes de Cristo, o nível de suas águas era 150 metros mais abaixo que o atual. O Mar Negro era um lago interior de água doce, sem ligação alguma com o Mediterrâneo. Com o final da Era Glacial e o derretimento das grandes geleiras que cobriam a maior parte da Ásia e da América do Norte, o nível do Mediterrâneo subiu até suas águas vazarem como uma imensa cachoeira pela barragem natural formada pelo estreito do Bósforo, na atual Turquia. Os cientistas calculam que uma enxurrada diária de 50 quilômetros cúbicos de água salgada (um quarto da vazão do Amazonas) inundou o Mar Negro, elevando seu nível em um metro por semana. Imagine a situação dos povos pré-históricos que habitavam suas margens. Tiveram que largar tudo e fugir para locais mais altos. O povo ao qual pertenceu Noé pode muito bem ter buscado refúgio nas encostas do monte Ararat, localizado perto da margem oriental daquele mar.




Estabelecida a ocorrência do dilúvio, a dupla de oceanógrafos americanos conseguiu até mesmo saber com precisão quando ele aconteceu. A idade das conchas de água salgada mais antigas desenterradas nos sedimentos do Mar Negro é 7.550 anos. Antes disso, suas águas eram doces e inóspitas aos moluscos do Mediterâneo. ( extraido do groups.msn)


ALGUNS INTÉRPRETES ACREDITAM QUE O DILÚVIO OCORREU APENAS NA REGIÃO DA MESOPOTÂMIA QUE COMPREENDE A ÁREA ONDE SE LOCALIZA HOJE O IRAQUE, E NA ANTIGUIDADE, A SUMÉRIA. ERA FREQUENTE ENCHENTES ENTRE O RIO TIGRE E EUFRATES.



O DILÚVIO COM CERTEZA ATINGIU A MESOPOTÂMIA, RESTA SABER QUAL A EXTENSÃO DESTA INUNDAÇÃO...


A INTERPRETAÇÃO DE DILÚVIO LOCAL BASEIA-SE NA INTERPRETAÇÃO DA PALAVRA "TERRA" QUE PODE SIGNIFICAR APENAS UMA REGIÃO.

A EPOPÉIA DE ATRAS-HASIS, DESCOBERTA POR ALLAN MILLARD TAMBÉM SUGERE UM DILÚVIO LOCAL. A CRENÇA NO DILÚVIO ATINGINDO APENAS NA ÁREA DA MESOPOTÂMIA TAMBÉM TEM FUNDAMENTOS NA DESCOBERTA DE LEONARDO WOLLEY QUE EM 1930 EM UMA EXPEDIÇÃO NA MESOPOTAMIA, TERIA ENCONTRADO VESTÍGIOS DE UM DILUVIO NA MESOPOTAMIA POR VOLTA DO ANO 3000 ANTES DE CRISTO, POIS HA MARCAS DE ENCHENTE NOS SEDIMENTOS QUE ENVOLVE CAMADAS EM TODA A EXTENSÃO DA MESOPOTAMIA.




O SENTIDO DA PALAVRA HEBRAICA QUE FOI TRADUZIDA POR TERRA NÃO TINHA O SENTIDO UNICO DE PLANETA TERRA, TODO O GLOBO. ASSIM COMO NOS DIAS DE HOJE A PALVRA "TERRA" TEM O SENTIDO MUNICÍPIO, DE REGIÃO, PAÍS, OU CONTINENTE.

COSTUMAMOS USAR TERRA COMO SINÔNIMO DE MUNICÍPIO QUAnDO DIZEMOS :

"A tera onde nasci se cultiva muita cebola e inhame." (Itabaiana/SE)
"A minha terra é conhecida pelo time de futebol onde Pelé jogou futebol." (Santos/SP)

TERRA É SINÔNIMO DE REGIÃO, COMO NOS EXEMPLOS ABAIXOS :

"Esta terra tem a maior plantação de bananas do Brasil." (Vale do Ribeira/SP)
"O povo desta terra é dedicada acriação bovina." (Os pampas gaucho)

TERRA TAMBÉM É SINÔNIMO DE PAÍS:

"A terra de onde vim, tem um passado glorioso de grandes navegadores." (Portugal)
"O idioma desta terra é o grego" (Grécia)
"boa parte do ano esta terra está debaixo da neve." (Canadá)

A TERMINOLOGIA TERRA TAMBÉM É APLICADA A UM CONTINENTE OU PARTE DE UM CONTINENTE COMO:

"A terra do Saara é arenosa e extremamente quente." (NORTE DA ÁFRICA)
"Esta é a terra natal dos negros." (África)
"Na terra da amazonia chove muito." (AMERICA EQUATORIANA)

A´PALAVRA TERRA USADA RESPECTIVAMENTE NO CAPÍTULO 7 E 8 DE GÊNESIS PODE TER CONOTAÇÃO REGIONAL SIGNIFICANDO TODA A TERRA HABITADA PELOS HUMANOS.


------------------------------------------------------------------------------------

EXEGESE BIBLICA DA PALAVRA "TERRA"

ANALISEMOS A PALAVRA TERRA VERSÍCULO POR VERSÍCULO NOS CAPÍTULOS 7 E 8 DE GENESIS, TEXTO BÍBLICO QUE DESCREVE O DILÚVIO

Também das aves dos céus sete e sete, macho e fêmea, para conservar em vida sua espécie sobre a face de toda a terra (GÊN 7.3)




DEUS MANDOU NOÉ COLOCAR NA ARCA EXEMPLARES DE ANIMAIS LIMPOS E IMPRÓPRIOS PARA GARANTIR QUE ESPÉCIESE PERMANECESSEM EXISTINDO NA TERRA APÓS O DILÚVIO OU MESMO, SE ALGUMA ESPÉCIE NÃO SUPORTASSE OS 40 DIAS DE CHUVA EM TODO O PLANETA, A ARCA SERVIU COMO GARANTIA QUE ALGUMAS ESPÉCIES ESTARIAM SALVAS.

Porque, passados ainda sete dias, farei chover sobre a terra quarenta dias e quarenta noites; ... ( GÊN 7.4)

SUPONDO QUE A ATMOSFERA DA TERRA ERA DIFERENTE COM DIZ GÊNESIS 2.5-6 AQUE NOS INFORMA QUE "NÃO CHOVIA NA TERRA" NO PERÍODO PRÉ-DILUVIANO, MAS UM VAPOR REGAVA A TERRA. PORTANTO É POSSÍVEL QUE HAVIA UMA ESPESSA CAMADA DE NUVENS NA TERRA, RETENDO GRANDE PARTE DO H2O

PARTE DA ÁGUA VEIO DAS NUVENS E PARTE DA ÁGUA VEIO DA PRÓPRIA TERRA, ISSO PODE INDICAR QUE O EIXO DA TERRA ESTAVA EM OUTRA POSIÇÃO, MUDANDO DRASTICAMENTE O SEU EIXO. CAUSANDO O DESCONGELAMENTO DAS CALOTAS POLARES, GERANDO GRANDE FLUXO DE ÁGUA PARA DEPOIS CONGELAR NAS PONTAS DOS NOVOS EIXOS.


NUVENS ESCURAS COBRIRAM A TERRA E COMEÇOU A CHOVER TORRENCIALMENTE...


ESTA MUDANÇA CLIMÁTICA DRÁSTICA FEZ COM QUE 40 DIAS CHOVESSE EM TODA O PLANETA, POIS ACREDITAMOS EM UMA CHUVA CONTINUA E GLOBAL POR 40 DIAS EM TODO O PLANETA. MAS QUE TALVÉS A SUBMERSÃO NÃO OCORREU EM TODAS AS PARTES, SOMENTE NAS PARTES MAIS BAIXAS DO PLANETA.

...e desfarei de sobre a face da terra toda a substância que fiz ( GÊN 7.4)

A TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO TRAZ "SUPERFÍCIE DO SOLO" EM VEZ DE FACE DA TERRA. DESFAZER TODA SUBSTANCIA QUE FIZ DEVE SER INTERPRETADO COM RESERVAS, NÃO POR DESCONFIANÇA DO QUE DEUS ESTA DIZNEDO, MAS, PROCURNADO ENTENDER O REAL SENTIDO DAS PALAVRAS EMPREGADAS. DEVE-SE TAMBÉM ENTENDER A FALTA DE VOCABULÁRIO PRÓPRIO PARA TRANSMITIR A VERDADE DIVINA.



VARIOS TIPOS DE NUVENS FORAM S EFORMANDO PARA O GRANDE DILÚVIO, INCLUSIVE NUVENS COM ESTE FORMATO.


"TODA SUBSTANCIA" REFERE-SE AOS HUMANOS, O DILÚVIO VISAVA ANIQUILAR A ESPÉCIE HUMANA, TODA SUBSTÂNCIA NÃO PODE SE REFERIR A VIDA ANIMAL E VEGETAL, ATÉ PORQUE MESMO QUE O DILÚVIO SUBMERGISSE TODO PLANETA, OS ANIMAIS AQUATICOS NÃO MORRERIAM.

DEUS TAMBÉM NÃO MOSTRA PREOCUPAÇÃO COM O REINO VEGETAL, PORQUE AS PLANTAS E ÁRVORES AGUENTAM UM CERTO TEMPO SUBMERSA SEM MORRER. TAMBEM AS SEMENTES DEMORAM DIAS, SEMANAS E ATÉ MESES E ANOS PARA PODEREM GERMINAREM.

O DILÚVIO NÃO VISAVA DESTRUIR A SUBSTÂNCIA DOS VEGETAIS, MUITO MENOS AS SUBSTÂNCIAS MINERAIS. A ÁGUA NÃO AFETOU OS MINÉRIOS, A NÃO SER PELA EROSÃO.

E era Noé da idade de seiscentos anos, quando o dilúvio das águas veio sobre a terra ( GÊN 7.6)

A ÁGUA É A SUBSTÂNCIA FORMADA POR DUAS MOLÉCULAS DE HIDROGÊNIO E UMA DE OXIGÊNIO. A ÃGUA QUE EXISTIA NA TERRA NOS DIAS DO DILÚVIO ERA A MESMA QUANTIDADE QUE EXISTE HOJE. A ÁGUA APENAS MUDA DE FORMA, ESTANDO PARTE DELA LÍQUIDA, PARTE SÓLIDA ( GELO) E PARTE GASOSA ( NUVENS).



Todos os anos os pequenos dilúvios destroem cidades e arremessam navios nos altos das montanhas

O DILÚVIO VEIO SOBRE A TERRA PROVAVELMENTE PELA JUNÇÃO DE 3 FATORES:

1- TODA A AGUA NA FORMA GASOSA PRECIPITOU-SE
2- TODA A AGUA NA FORMA SOLIDA DERRETEU
3- TODA A AGUA NA FORMA LÍQAUIDA CIRCULOU.

1 - O DILÚVIO VEIO SOBRE A TERRA PORQUE ESTA HIPOTÉTICA CAMDA DE ÁGUA QUE SE ENCONTRaVA NA MESOSFERA E DA ATMOSFERA REPENTINAMENTE PRECIPITOU-SE EM 40 DIAS DE CHUVAS.


geleiras repentinamente se desmancharam, talvéz por mudança do eixo da terra.


2 - O DILÚVIO VEIO SOBRE A TERRA PORQUE ALGUMA RAZÃO AS CALOTAS POLARES DERRETERAM E AS CORDILHEIRAS GELADAS SISSOLVERAM SUA CAMADA DE GELO ( SE É QUE NESTE TEMPO HAVIACORDILHEIRAS TÃO ALTAS)


O DILUVIO FEZ COM QUE GRANDES CORRENTES DE ÁGUA CIRCULASSEM SOBRE O SOLO, ARRASTANDO AS PESSOAS

3 -O DILÚVIO VEIO SOBRE A TERRA PORQUE TODA A FORMA LÍQUIDA DE ÁGUA CIRCULOU SOBRE O PLANETA, ISTO VALE DIZER QUE PROVAVELMENTE A DISTRIBUIÇÃO DA FORMA DA AGUA DE HOJE ERA DIFERENTE DO PERÍODO ANTEDILUVIANO, ISTO É, É POSSÍVEL QUE HAVIA MAIS ÁGUA NO MUNDO PRÉ-DILUVIANO NA FORMA GASOSA E MAIS ÁGUA NA FORMA SOLIDA, ALÉM DO QUE O PRÓPRIO LIVRO DE GÊNESIS INDICA QUE PARTE DA ÁGUA DO DILÚIVIO ESTAVA NO SUBSOLO, ASSIM SENDO ACREDITAMOS QUE OS OCEANOS POSSUIAM MENOS ÁGUA QUE ATUALMENTE.

COM AS CHUVAS, COM O DERRETEMINETO DAS GELEIRAS E COM A INTENSA ATIVIDADE DE GEISERS, FONTES E MINADOUROS DE ÁGUA, TODA A ÁGUA PASSOU A CIRCULAR PELO SOLO FORMANDO OS GRANDES OCEANSO.

É PROVÁVEL QUE OUTRASS AGITAÇÕES NA CROSTA DA TERRA EM TEMPOS REMOTOS, ANTERIOR A EXISTÊNCIA HUMANA NO PLANETA TERRA, JÁ TINHA SIDO RESPONSÁVEL POR OUTRO CATACLISMA AINDA MAIOR QUE LEVOU A EXTEREMINAR REPENTINAMENTE TODOS OS DINOSSAUROS.

EM 2004, UM GRANDE TSUNAMI, MATOU 300 MIL PESSOAS, DESTRUIU PAÍSES INTEIRO NA COSTA ASIÁTICA, ISTO MOSTRA COMO O PLANETA TERRA É SENSÍVEL A MOVIMENTAÇÃO GIGANTESCA DAS ÁGUAS.

AS PESSOAS TEM DIFICULDADES DE ACREDITAR NO DILÚVIO PORQUE NÃO SABEM O PODER DESTA SUBSTÂNCIA CHAMADA ÁGUA, BASTA ALTERAÇÕES CÓSMICAS, CLIMÁTICAS OU NAS CAMADAS ROCHOSAS NO INTERIOR DA TERRA PARA UMA CATÁSTROFE DILUVIANA GLOBAL ACONTECER.


E as águas prevaleceram excessivamente sobre a terra; e todos os altos montes que havia debaixo de todo o céu, foram cobertos. ( GÊN 7.19)
AQUI TEM ALGUMAS PALAVRAS-CHAVES PARA ENTENDER A EXTENSÃO GEOGRÁFICA DO DILÚVIO, SÃO AS PALAVRAS: MONTES, DEBAIXO DE TODO CÉU, COBERTOS.

AS ÁGUAS DO DILÚVIO COBRIU OS MONTES COM ÁGUA, MAS ESTES MONTES EREAM TODOS DO PLANETA OU TODOS OS MONTES DAQUELE MUNDO CONHEICDO ??????


NÃO HÁ ÁGUA NO PLANETA PARA SUBMERGIR O MONTE ARARAT ( PELO MENOS NA ALTITUDE QUE ELE TEM HOJE), ENTÃO EXISTE AS SEGUINTES HIPÓTESES INTERPRETATIVAS :

1 - O MONTE ARARAT NÃO É AQUELE DA TURQUIA COM MAIS DE 5000 METROS DA ALTURA, SERIA UM OUTRO, BEM MAIS BAIXO.

2 - AS ÁGUAS COBRIRAM TODOS OS MONTES DO MUNDO COM CHUVA, MAS NÃO SUBMERGIU TODA A TERRA, EM ESPECIAL AS GRANDES MONTANHAS.

3 - É POSSIVEL QUE LITERALMENTE TODA A TERRA FOI SUBMERSA PELAS ÁGUAS, MAS ENTÃO A TEORIA DE QUE O RELEVO DO PLANETA TERRA ERA TOTALMENTE DIFERENTE TEM MAIS LÓGICA, OU SEJA, NOS DIAS DO DILÚVIO A TERRA ERA UMA GRANDE PLANÍCIE, NÃO HAVENDO NEM GRANDES MONTANHAS, NEM GRANDES ABISMOS OCEANICOS.

NÃO HAVIA MONTANHAS DE CINCO MIL METROS DE ALTURAS E NEM FOSSAS ABISMAIS NO OCEANO COM 5 MIL METROS DE PROFUNDIDADE.

IMAGINANDO QUE GRANDES E BRUSCOS MOVIMENTOS NA CROSTA DA TERRA ALTERARAM SEU RELEVO.
É PROVÁVEL QUE 40 DIAS DE CHUVA TORRENCIAL, MAIS DERRETIMENTO DAS CALOTAS POLARES PODERIAM TER CAUSADO A SUBMERSÃO DE TODA A TERRA.

A BÍBLIA DE FATO FALA DE UM TEMPO EM QUE A TERRA FOI DIVIDIDA ( E a Éber nasceram dois filhos: o nome de um foi Pelegue, porquanto em seus dias se repartiu a terra, e o nome do seu irmão foi Joctã GÊN 10.25)O QUE SUGERE QUE OS CONTINENTES SE SEPARARAM E QUE O RELEVO ALTEROU PARA O FORMATO COMO CONHECEMOS HOJE.

4 - SE O DILÚVIO NÃO SUBMERGIU TUDO O TERMO "debaixo de todo o céu" DEVE SER INTERPRETADO COMO "as águas cobriram todos os montes debaixo do céu conhecido."

OS QUE DEFENDEM A SUBMERSÃO COMPLETA DO PLANETA TERRA ARGUMENTAM QUE NÃO SERIA NECESSÁRIO CONSTRUIR UMA ARCA TÃO GRANDE PARA SE LIVRAREM DE UM DILÚVIO REGIONAL. MAS TAMBÉM A ARCA AINDA ERA PEQUENA PARA ACOMODAR TODAS AS ESPÉCIES DE ANIMAIS POR CERCA DE UM ANO.

OUTRO ARGUMENTO USADO PELOS QUE DEFENDEM A SUMERSÃO DE TODO O PLANETA É QUE SE O DILÚVIO FOSSE APENAS PARCIAL INUNDANDO PARTE DO MUNDP, DEUS PODERIA TER INSTREUIDO NOÉ PARA APENAS MUDAR-SE PARA OUTRA REGIÃO.

- COM CERTEZA, HAVERIA OUTROS MEIOS PARA ESCAPAR DE UM GRANDE DILÚVIO REGIONAL, BASTAVA NOÉ SE REFUGIAR EM UMA TERRA AINDA NÃO HABITADA PELOS HOMENS, ESCAPANDO DO RAIO DE DESTRU~IÇÃO DO DILÚVIO. SEGUNDO A BÍBLIA NOÉ TINHA TEMPO SUFICIENTE PARA ESTA VIAGEM CONTINENTAL OU INTER-CONTINENTAL. AFINAL DEUS ADVERTIU NOÉ SOBRE O DILÚVIO 120 ANOS ANTES DO EVENTO. UMA MUDANÇA AINDA QUE PARA MUITOS LONGE, ERA MAIS PRÁTICO DO QUE CONSTRUIR UMA IMENSA BALSA PARA VIVER CONFINADO NELA POR UM ANO.

QUEM CONHECE DEUS SABE QUE ELE RARAMENTE ESCOLHE O CAMINHO MAIS FÁCIL. MOI´SÉS PODERIA SAIR DO EGITO E CHEGAR NA TERRA PROMETIDA EM POUCAS SEMANAS, DEUS ESCOLHEU UM CAMINHO MUITO MAIS DISTANTE E O POVO PEREGRINOU NO DESERTO POR 40 ANOS !!!

O PLANO DA SALVAÇÃO ATRAVÉS DE CRISTO QUE MORREU NA CRUZ DERRAMANDO SANGUE PARA SALVAR OS QUE NELE CRÊEM, PODERIA TER SIDO TROCADO POR UM PLANO DE SALVAÇÃO, MAIS SIMPLES COMO REDIMIR ADÃO E EVA LOGO APÓS A QUEDA EM VEZ DE DEIXAR A JUMANIDADE CAMINHAR POR CONTA PRÓPRIA O QUE PRODUZIU MUITA DOR, SOFRIMENTO, MORTE, TRISTEZA E DESGRAÇA.

ORA, O QUE DEUS FEZ NÃO PODE SER QUESTIONADO PELO ARGUMENTO DE QUE "se fizesse assim seria mais fácil."

O CONCEITO DO PLANETA TERRA ATÉ A IDADE MÉDIA ERA DE UM MUNDO "quadrado" QUE AO FINAL DOS GRANDES OCEANOS OS NAVIOS PODERIAM PRECITPITAR-SE EM ABISMOS SEM FIM COM A DESCOBERTA QUE O MUNDO ERA REDONDO, UM GLOBO, UMA NOÇÃO E UM ENTENDIMENTO DIFERENTE DO DILÚVIO FOI TAMBÉM PERCEBIDO.

ORA, ATÉ 1655 ERA DIFÍCIL CONCEBER UM TEÓLOGO, JUDEU, OU CRISTÃO OPINANDO PELA TEORIA DO DILÚVIO COM INUNDAÇÃO REGIONAL, SOMENTE A PARTIR DESTA DATA É QUE SE COGITOU QUE O DILÚVIO PODE NÃO TER SUBMERGIDO TODO O PLANETA.

O CONCEITO PASSADO DE ZOOLOGIA APENAS RECONHECIA ALGUNS POUCOS MILHARES DE ESPÉCIES DE ANIMAIS, HOJE A ZOOLOGIA CATALOGA MAIS DE 30 MILHÕES DE ANIMAIS, PORTANTO A ARCA NÃO PODERIA MESMO COM SEU TAMANHO DE UM PETROLEIRO MANTER EM SEU INTERIOR TANTAS ESPÉCIES CONFINADAS POR TANTO TEMPO E AINDA ARMAZENANDO ALIMENTOS PARA SUSTENTA-LOS POR UM ANO.

2 comentários:

  1. Só me diga uma coisa: como Noé conseguiu trazer do Polo Norte uma casal de ursos polares e um casal de diabo da Tasmâmia lá dos confins da Austrália?

    ResponderExcluir
  2. Você já ouviu falas de Gilgamesh e Utnapistin?
    Pelo que sei, as historinhas do Gênesis são cópias escarradas dos mitos babilônico, uma vez que a Bíblia só começou a ser escrita após o exílio da Babilônia...

    ResponderExcluir